73 anos de Gal Costa
26/09/2018 00:43 em Música

Maria da Graça Costa Penna Burgos nasceu em Salvador- BA, no dia 26 de setembro de 1945, mas definitivamente entrou para a história da Música Popular Brasileira com o apelido de Gal Costa!

Desde criança, a ‘’Gracinha’’ tinha o sonho de ser cantora, sendo que na adolescência trabalhou como balconista de uma loja de discos em Salvador, o que lhe possibilitou conhecer as novidades musicais da época e tornar-se fã da Bossa Nova!

Em 1963 conheceu Caetano Veloso, apresentada por Dedé Gadelha, sua vizinha e amiga e futura esposa do cantor!

Discípula e herdeira do canto ‘’cool’’ de João Gilberto, Gal Costa estreou em disco ao lado de Caetano no LP Domingo, de 1967!

Por sinal, os dois juntamente com Maria Bethânia e Gilberto Gil formaram, no futuro, o quarteto que viria a ser conhecido como Doces Bárbaros!

Seus primeiros trabalhos traduzem toda a efervescência do movimento tropicalista do qual Gal foi um dos ícones, sendo que alguns dos maiores clássicos desse gênero foram lançados por ela, como “Baby” e “Divino, Maravilhoso”!

Gal Costa diferencia-se por trazer o grito do Rock para o canto popular!

Outra característica marcante da cantora é a capacidade de se reinventar. Sua carreira é pontuada por rupturas. A primeira delas acontece em 1968: com colar de espelhos, penteado black power e o canto agudo e provocador, Gal defende a canção "Divino Maravilhoso" no 4° Festival de Música Popular Brasileira da TV Record!

Ao lado de Elis Regina e Maria Bethânia, Gal Costa é considerada uma das principais referências vocais femininas de sua geração e influência para cantoras posteriores, como Marisa Monte!

Divina, maravilhosa, Gal Costa!

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE